Letra

mumble

Nunca falamos sobre o peso de uma letra, apenas das palavras. Uma letra é um grafema e sem os grafemas é muito provável que os felinos estariam no topo da cadeia alimentar, pois a humanidade estaria à mercê dos chimpanzés que são notavelmente mais fortes que nós. E percebo que nunca pensamos no peso de uma simples letra por julgarmos ser apenas uma peça e não uma engrenagem. O que acho muito injusto, porque o oxigênio é algo tão minúsculo que não se pode nem ver e regularmente a gente fala que é a coisa mais importante para se manter vivo.

Uma letra pode mudar uma palavra de um jeito tão avassalador que pode ser capaz de gerar guerras ou revoluções. Em todos os idiomas uma letra trocada erroneamente pode modificar por completo sua semântica e até mesmo sua sintaxe. A função da palavra é expressar o pensamento o humano e por isso mesmo que todas as suas partes também devem ser pensadas com muita cautela.

Na língua portuguesa, assim como em outros idiomas, representa-se ou descreve-se coletividade mista no masculino, apenas porque definiram que o que é terminado em A é feminino e o que é terminado em O é masculino. E, convenhamos, que é excludente e um pouco insuportável até mesmo o idioma privilegiar a figura masculina. Um exemplo que sempre me perguntei porque diabos mudaram o gênero da palavra é com casa. Se ela é pequena é a casinha, mas se é grande é o casarão. Acho injusto e nada igualitário esse tipo de coisa. Eu sou extremamente a favor de uma reforma ortográfica e gramatical completa pra criarmos o gênero neutro em nossa língua.

Uma letra pode transformar adjetivo em verbo, passado em futuro, mulher em homem, terráqueo em alienígena, um casal em alguém sozinho, animal em gente, gracejo em agressão, uma pessoa em outra. O efeito de uma letra seja retirada ou adicionada ou até mesmo só trocada de lugar com outra é subestimado por muitos, mas para outros o resultado pode ser letal.

Published by

Deixe uma resposta